NEGÓCIOS. Café exportação do cerrado chega a área nobre de São Paulo através da Cafeteria Dulcerrado

A conexão direta com o produtor e o foco na qualidade são transmitidos ao consumidor paulistano no espaço inédito

Fotos: Divulgação|Expocaccer

inauguração-expoaccer

Na terça-feira desta semana foi realizado o coquetel de inauguração no Shopping Jardim Sul da capital paulista.


Da redação da Rede Hoje


Atendendo a convite do Shopping Jardim Sul, área nobre da São Paulo, para levar a experiência da origem para sua unidade no Morumbi, a Dulcerrado, empresa da Expocaccer(Cooperativa dos Exportadores de Café do Cerrado), fechou contrato em em outubro deste ano. Foi estruturado projeto da cafeteria para adequá-la ao público paulistano do shopping e levar a essência do negócio e dos cafés da Região do Cerrado Mineiro.

 

A conexão com o produtor, a valorização do Cerrado Mineiro, o foco na qualidade e na experiência com o consumidor foram valores transmitidos da decoração do espaço à dedicação da equipe. Segundo Ricardo Bartholo, presidente da Expocaccer, essa ação foi um grande passo da cooperativa e toda equipe está construindo futuro que promete. “Fiquei encantado com a quantidade de gente interessada em ver o que foi feito e torcer para que essa evolução realmente aconteça e que a gente tenha sucesso nessa nova linha de trabalho que é a de cafeterias” disse Bartholo.

 

Edição do Produtor. Os cooperados Eduardo Campos, Guimarães e Rafael Vinhal tiveram, cada um, uma Edição do Produtor lançada na ocasião. Além dos cafés da Edição do Produtor, também foi promovido o Café Autoral do produtor Lázaro Ribeiro e de seu filho, Gustavo Ribeiro. Esses cafés foram disponibilizados para degustação em métodos filtrados indicados pelos baristas e harmonizados com aperitivos que completavam as nuances sensoriais dos cafés.

 

bartholoO presidente da Expocaccer, Ricardo Bartholo a cafeteria representa a esperança de cada vez mais o produtor ser valorizado pelo consumidor.

 

Para o presidente da Expocaccer, Ricardo Bartholo, a Cafeteria Dulcerrado representa a esperança de cada vez mais o produtor ser valorizado pelo consumidor. “Eu quero ver o dia em que o consumidor vai chegar no supermercado e procurar no café a imagem do produtor que fez aquele café, e se não tiver, ele vai escolher outra marca que tenha o produtor no pacotinho. Acho que aí nós vamos ter emplacado tudo aquilo que a Expocaccer quer, que é a identidade do produtor apresentada ao consumidor” definiu Bartholo.

 

Francisco Guimarães, produtor cooperado da Expocaccer, considera a abertura da Cafeteria Dulcerrado em São Paulo um marco para os paulistanos, que a partir de agora terão a oportunidade de apreciar, a cada bimestre, um café de um produtor da Expocaccer.

 

Helena, consumidora presente na inauguração, ficou surpresa com a intensidade dos cafés filtrados que degustou. “Gostei muito dos cafés. Eles parecem fracos, mas quando você coloca na boca e saboreia, é uma surpresa, eles têm muito mais intensidade do que parece quando você os observa prontos”

 vista-interna-expocaccer

Os consumidores que visitaram a cafeteria gostaram do projeto do modo "diferente" de café 

 

Marcelo, morador do bairro e frequentador do shopping, achou interessante o conhecimento transmitido pelos baristas. “Não sou especialista em café, mas tomo café o dia inteiro, e é bacana ver baristas fazendo café e apresentando um modo diferente de café pra gente, um café mais saboroso”.

 

Os lançamentos da Edição do Produtor e o Café Autoral já estão disponíveis para compra nas versões de 250g torrado e moído e 250g torrado em grão. O horário de funcionamento da Cafeteria Dulcerrado no Shopping Jardim Sul é de 10h às 22h, de segunda à segunda.

 

Fonte: Comunicação Expocaccer


camara 686x113px 22112018