SÉRIE D. Mesmo não jogando bem, CAP empata em Anápolis e mantém a liderança do grupo A11

Empate pode ser comemorado; Arilson se contundiu feito e foi parar no hospital

 

Fotos:Reprodução| MyCujoo|CBF TV e WhatsApp

gol-anapolina

O gol da Anapolina foi irregular, a bola não ultrapassou a linha


LUIZ ANTÔNIO COSTA | REDE HOJE


O CAP – Clube Atlético Patrocinense – volta de Anápolis com um bom resultado na bagagem. O Empate de 1 a 1 – gols de Max, 20” do primeiro para Anapolina e Betão, aos 47’ do segundo tempo, para o time Grená – neste sábado(11/5), pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, foi um ótimo resultado.

 

Agora, o CAP – na liderança, com 4 pontos – tem uma semana para se preparar até o último jogo do primeiro turno, segunda-feira, dia 20, às 21h10, em Rondonópolis, contra o União. A Anapolina com campanha rigorosamente igual vai enfrentar o Operário de Campo Grandes-MS, em Anápolis, no próximo sábado às 18 h.

 

O JOGO. O jogo da noite deste sábado, ocorreu em cidade de Anápolis, cidade de mais de 361 mil habitantes, que fica a 59 quilômetros da capital de Goiás. A Águia não se intimidou. Embora não tem jogado o futebol que é capaz, fez o suficiente para arrancar o empate com a Anapolina em de 1×1.

 

cap-reclama

Jogadores do CAP reclamam do gol irregular da Anapolina

 

IRREGULAR. A Xata(com "x" mesmo) de Anápolis abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo com Max fazendo de cabeça, após uma cobrança de falta. A bola bateu primeiramente no travessão, mas, pelas imagens a bola quicou sobre a linha, portanto o gol foi irregular. Os jogadores do CAP reclamaram, com razão, da arbitragem que mesmo assim, validou o gol para a equipe de Goiás.

 

No segundo tempo, o volante Arilson teve um choque com um adversário e desmaiou. Ele sofreu um princípio de convulsão. Jogadores do CAP e da Anapolina tiraram as camisas e fizeram uma ventilação improvisada enquanto os bombeiros demoravam entrar em campo. Depois de algum tempo atendido pela equipe médica e pelos bombeiros, Arilson saiu andando de campo, mas todos que estavam no Estádio Jonas Duarte, perceberam que ele cambaleava. Foi levado de ambulância para realizar exames em um hospital de Anápolis, onde ficou internado.

 

SITUAÇÃO. Por volta de 22h25, quando encerrávamos a matéria, ainda era atendido no hospital, acompanhado do gerente de futebol do CAP, Estéfano Caetano e por membros da comissão técnica.

 

Com a saída de Arilson, o técnico fez uma substituição forçada, colocando Luiz Felipe em seu lugar. Depois, aos 19 minutos, tirou Luiz Fernando e colocou Danielzinho e finalmente substituiu Jarlan por Erick.

betao comemora gol

Betão comemora o Gol de empate

 

GOL SALVADOR. Com em futebol, até o juiz apitar o final do jogo tudo pode acontecer, o torcedor rubro já comemorava a vitória da Anapolina quando, aos 45″, o árbitro marcou uma falta de Max em Douglas Maia que subia bem pela intermediária. Max levou cartão por isso.

 

Danielzinho cobrou com perfeição, colocando a bola na cabeça do zagueiro Betão, que subiu mais que a zaga da xata e fez o gol de empate do Patrocinense. Anapolina 1 x 1 CAP.

 

Depois do gol, foi só segurar a bola para garantir o placar. Final Anapolina 1 x 1 Patrocinense.

 

FICHA DO JOGO

Associação Atlética Anapolina 1 X 1 Clube Atlético Patrocinense

Motivo: 2a Rodada do Campeonato Brasileiro – Série D

Local: Estádio Jonas Duarte – Anápolis – GO

Data: 11/5/2019 – 18 h

Renda: 81.620 – Público Pagante: 156 | Público Presente: 559(sócios torcedores). A imprensa de Anápolis estranhou.

 

A.A. ANAPOLINA: Rafael Khan; Marquinhos, Medeiros, Max e Romário; Francesco, Matheus Lacerda e Matheus Rogério(Max); Pedro Gabriel, Álisson(Víctor) e Dé(Danilo Itaporanga). Técnico: Valdemar Lemos

 

C.A.PATROCINENSE: Claysson; Douglas, Jorge Miguel, Betão e Yuri; Gílson, Arilson(Luiz Felipe) e Natan; Luiz Fernando(Danielzinho), Jarlan(Erick) e Rafael Thank. técnico Thiago Oliveira.

 

Cartões Amarelos: Dé, Max e Francesco(Anapolina); Douglas Maia, Betão e o auxiliar técnico Júnior Madeira(Atletico Patrocinense), segundo a súmula, por reclamar contra as decisões da arbitragem.

 

Arbitragem: Arbitro: Andre Rodrigo Rocha (CD / TO)

Arbitro Assistente 1: Natal da Silva Ramos Júnior (CD / TO)

Arbitro Assistente 2: Alvani Brito Nunes (CD / TO)

Quarto Arbitro: Anderson Ribeiro Gonçalves (INT / GO)

Analista de Campo: Júlio César Mota Fernandes (CBF / GO)